CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Em épocas de retração econômica, as pessoas mais afetadas pelo desemprego são aquelas sem qualificação profissional. Quanto mais a crise econômica de um país se agrava, menor é o número de vagas de emprego disponíveis para a população economicamente ativa.

E agora, responda: quem você acha que, em um cenário como esse, perderá seu emprego primeiro? O profissional mais ou menos qualificado? E, entre quem está desempregado, qual desses profissionais tem maior chance de encontrar um trabalho mais rapidamente?

Em Montes Claros, o empresário Vinicius Marques Campos mantém uma franquia de cursos profissionalizantes que vem atendendo à essa demanda há 20 anos e já tem encaminhado diversas pessoas para sua experiência de primeiro emprego ou sua requalificação no mercado de trabalho.

- Quando a economia não vai bem e o dinheiro anda escasso, a maioria das empresas tende a cortar os gastos e frear as contratações. As demissões ocorrem, mas tão logo a economia dê sinais de recuperação, essas mesmas empresas vão exigir de seus profissionais que eles atendam às suas demandas de maneira muito específica e seletiva. É aí que entendemos a importância dos cursos profissionalizantes. Com a qualificação profissional é possível saber o que o empregador precisa e ser treinado especificamente para isso – afirma Vinicius.

Ele também explica que como a relação demissão-contratação é muito estreita quando  o mercado de trabalho está em crise, a qualificação se torna extremamente necessária para se manter ou conseguir um novo emprego.

- Quanto mais a crise econômica se agrava, menor é o número de vagas disponíveis para a população economicamente ativa. Sendo assim, quem você acha que num cenário desse, perderá seu emprego primeiro? O profissional mais ou menos qualificado? E, para aqueles que estão desempregados, qual terá mais chance de encontrar um trabalho mais rapidamente? Não é preciso nenhuma bola de cristal pra sabermos qual a resposta – explica.

Na verdade, na busca competitiva por um lugar no local de trabalho passa também por alguns detalhes que não podem jamais deixar de ser observado pelos empregados e empregadores.

As pessoas não são mais vistas como descartáveis nas empresas. Os empregadores tem buscado pessoas que agreguem valor, proponham soluções e que façam a empresa crescer, especialmente em períodos de crise.

Para tanto, algumas características são fundamentais: Proatividade, capacidade para trabalhar em equipe, inovação e criatividade, desejo de aprendizado contínuo.

 

Outros Lugares